PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Justiça & Cidadania

Varas Cíveis da Comarca de Araçatuba iniciam a digitalização de 100% dos processos

Trabalho iniciado na última semana vai digitalizar cerca de 5 mil processos híbridos
Lázaro Jr.
22/01/2024 às 14h44

Os cartórios das seis Vara Cíveis do Fórum da Comarca de Araçatuba (SP), que inclui também a cidade de Santo Antônio do Aracanguá, iniciaram a digitalização de aproximadamente 5 mil processos híbridos. Segundo o que foi informado, a previsão é de que dentro de 5 meses, a parte física dos processos híbridos será completamente digitalizada.

 

Ainda de acordo com o que foi informado, a digiltalização será feita pela empresa Iron Mountain, de Jundiaí, vencedora do processo de licitação. Os funcionários do Cartório da UPJ (Unidade de Processamento Judicial) de Araçatuba se encarregam de preparar os lotes com os processos, que são retirados pela empresa prestadora do serviço.  

 

Após a digitalização, os processos físicos são encaminhados de volta para Araçatuba, para posteriormente serem eliminados.

 

Digitalização

 

Esta é uma segunda etapa do procedimento que teve início de 2021, quando a UPJ de Araçatuba passou a contar com o sistema de Processo Híbrido, que é a existência de processos físicos, com partes digitais.

 

Na ocasião, o juiz corregedor da UPJ, Rodrigo Chammes, explicou que a iniciativa atende pedido feito pela unidade, após a implantação do projeto piloto nas Varas Cíveis da Comarca de Mauá, em junho daquele ano.

 

A UPJ de Araçatuba foi implantada em 2017 e na ocasião, contava com aproximadamente 20 mil processos, dos quais, aproximadamente 4 mil são físicos. Porém, em julho de 2023, a unidade passou a contar com a 6ª Vara Cível.

 

Campanha

 

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) promoveu uma campanha para incentivar os advogados a providenciarem a digitalização dos processos físicos, pois com a implantação do sistema híbrido, todos os processos que tramitam nas Varas Cíveis de Araçatuba foram incluídos no sistema.

 

A partir daí, as partes físicas permanecem no arquivo e as novas peças passam a ser digitalizadas, evitando o encaminhamento de processos ao arquivo na Central Judicial do TJ-SP, em Jundiaí.

 

Nesta nova etapa, com a digitalização de 100% dos processos, além de proporcionar maior agilidade, já que os advogados não precisarão mais ter acesso ao processo físico para peticionar, com o tempo, haverá a liberação de espaço nos cartórios.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.