PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Saúde & Bem-Estar

Atendimento do Iamspe volta à discussão em Araçatuba

Diretoria da Santa Casa recebeu comissão nesta quinta-feira, um dia antes de audiência na Câmara entre usuários do convênio
Lázaro Jr.
14/12/2023 às 19h46

A diretoria da Santa Casa de Araçatuba (SP) recebeu nesta quinta-feira (14), uma comissão composta por integrantes das entidades representativas dos usuários e do próprio do Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual), para discutir o possível retorno do atendimento pelo hospital, suspenso desde 2019.

 

O encontro aconteceu um dia antes de uma audiência pública que será realizada às 10h desta sexta-feira (15), na Câmara de Araçatuba. O convite para a audiência enviado aos usuários do convênio informa que o objetivo é elaborar de forma coletiva, possíveis soluções para a volta do atendimento médico e hospitalar por parte da Santa Casa.

 

A ação é promovida por entidades sindicais e representativas dos servidores públicos estaduais e reforçada pela presidente regional da CCM (Comissão Consultiva Mista) do Iamspe de Araçatuba, Faustina Amorin da Silva.

 

Descontentamento

 

De acordo com ela, o encontro será uma oportunidade de mostrar às autoridades que estarão presentes, o descontentamento dos usuários em pagar contribuir para o convênio com parte significativa do salário e estar sem atendimento hospitalar há quase cinco anos.

 

“É uma vergonha, um município do porte de Araçatuba, ter que procurar atendimento em municípios menores como Andradina, Penápolis entre outros”, argumenta em nota enviada à imprensa.

 

Faustina argumenta que esses municípios possuem teto de gastos bem inferior ao que o Iamspe ofereceu à Santa Casa de Araçatuba no pedido de credenciamento, que foi de R$ 1,2 milhão mensais.

 

“Já passamos da fase de solicitação, conversas, sofrimento pelo deslocamento a outros municípios em busca de tratamento médico hospitalar. Agora estamos na fase de mobilização em busca de efetiva solução à volta do atendimento”, informa.

 

Sem leitos

 

Consultada pela reportagem, a direção da Santa Casa informa que entende o anseio dos usuários de a cidade ter um hospital para oferecer esse atendimento.

 

Porém, segundo o hospital, durante o encontro foram apresentados à comissão, os números que comprovam a falta de leitos e até os convidou para visitar as instalações.

 

Ocupação

 

Segundo o hospital, hoje a Santa Casa dispõe de 330 leitos, dos quais, 266 são destinados para o SUS (Sistema Único de Saúde), acordados com a Secretaria Estadual de Saúde no Plano Operativo.

 

Os outros 64 leitos são utilizados para atender pacientes do Santa Saúde e demais convênios privados e pacientes particulares, mas oito desses leitos estão em reforma, restando 56 em funcionamento. “Desta forma, o hospital não tem estrutura de leitos para absorver a demanda do Iamspe, estimada em 33 mil vidas”, informa.

 

Sugestão

 

Ainda de acordo com a Santa Casa, uma sugestão apresentada à direção do Iamspe foi transformar o prédio do antigo Hospital Santa Maria em um centro para atender os usuários do convênio. Para isso, ele teria que ser devidamente adequado, o que dependeria de investimento por parte do instituto.

 

Por fim, a direção do hospital de Araçatuba informa que restam pendências financeiras contábeis do Iamspe para com a Santa Casa de Araçatuba, que somam R$ 477.094,39. O valor seria referente a atendimentos prestados a pacientes do conveniados ao instituto no período de outubro de 2014 a junho de 2019, glosados pelo Iamspe e custeados pela Santa Casa.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.