PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Saúde & Bem-Estar

Alesp contará com Frente Parlamentar em defesa do Iamspe e do Hospital do Servidor Estadual

Coordenada por Reis (PT), grupo suprapartidário conta com mais de 20 deputados engajados na causa da saúde dos servidores
Da Redação
01/09/2023 às 07h52
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

A  Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) sediou, na manhã desta quinta-feira (31), uma audiência pública em defesa do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe). O evento, requerido pelo deputado Reis (PT), serviu como lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Iamspe e Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), da qual ele próprio é coordenador. Além de Reis, a Frente conta com quatro membros efetivos e 21 membros apoiadores.



De acordo com o Regimento Interno da Casa, Frentes Parlamentares são blocos compostos por deputados interessados na defesa conjunta de propostas e ideias de um assunto em comum. A organização desses blocos, que podem combinar esforços com partícipes da sociedade civil, é realizada de modo independente às bancadas dos partidos. Conduzindo a Mesa Diretora, Reis afirmou que um dos propósitos da Frente será "a luta para que os nossos servidores [estaduais] tenham uma saúde pública de qualidade".



Espaço de diálogo



Professora Bebel, do PT, declarou estar "contente" com a organização do bloco. Para a parlamentar, o espaço de diálogo deve, também, tomar a dianteira no sentido propositivo. "Para além de ouvir, acho que temos de radicalizar, mas não no sentido de extremismo. [Digo] radicalizar no sentido de ir às raízes do problema, [a fim de] saber exatamente [dos problemas] e dar encaminhamentos", refletiu Bebel.



"Essa Frente Parlamentar terá compromisso com esse mandato", afirmou Valdomiro Lopes (PSB), colocando seu gabinete à disposição das proposições relativas ao Iamspe.



Medidas primordiais



Valdomiro indicou, ainda, uma mudança no estatuto da repartição pública que poderia beneficiar os servidores. "A comissão consultiva mista tem que se tornar comissão deliberativa mista", analisou Lopes.



Reis concordou com a sugestão e refletiu, ademais, sobre a inclusão de policiais militares no Iamspe. "Com todas as dificuldades, a Polícia Militar ainda é mais assistida do que os demais servidores públicos, eles têm um cuidado maior", declarou Reis. "Estamos pedindo para que o governo veja, também, os outros segmentos", finalizou o deputado, indicando que a adesão ao Iamspe poderia ajudar ambas as partes.



Principais reinvindicações



"Fico feliz com essa bancada", afirmou Ana Cristina Manente, presidente da Associação de Funcionários do Iamspe (Afiamspe). Manente trouxe à audiência algumas das principais reinvindicações da categoria. Para a representante dos servidores estaduais, a classe quer concurso público e não mais "o avanço das terceirizações". "O concursado é aguerrido", mencionou Manente.



Para Ana Cristina, algumas garantias da lei precisam ser efetivamente cumpridas pelo Governo do Estado, como a bonificação por resultados. Além do bônus, disse Ana, "o piso salarial da enfermagem, hoje, é lei".



"O Iamspe é nosso", afirmou Ana Manente. "Vamos defender aquilo [em] que acreditamos, [pois] o Hospital do Servidor Público Estadual já foi o melhor da América Latina", completou a presidente da Afiamspe.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.