PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Roubo de bicicleta em estrada foi inventado por mulher para tentar fraudar seguro

A Polícia Civil conseguiu provas de que o suposto roubo na estrada na Colorvisão não havia ocorrido e encontrou a bicicleta na casa da mulher
Lázaro Jr.
15/09/2023 às 11h12
Bicicleta que teria sido roubada foi encontrada na casa da mulher que será investigada por comunicação falsa de crime (F Bicicleta que teria sido roubada foi encontrada na casa da mulher que será investigada por comunicação falsa de crime (F

A Polícia Civil de Araçatuba (SP) descobriu que não ocorreu o roubo de uma bicicleta que foi relatado em boletim de ocorrência registrado por uma mulher de 40 anos, na manhã de terça-feira (12).

 

Ela alegou que havia sido abordada por dois homens de moto, quando pedalava pela estrada municipal da Prata, que passa pela Colormaq. A via é bastante utilizada na cidade por grupos de ciclistas que fazem passeios pela zona rural.

 

O caso foi esclarecido por equipe de investigadores da DIG/Deic (Delegacia de Investigações Gerais da Divisão Especializada de Investigações Criminais), que encontrou a bicicleta que teria sido roubada na casa da mulher. Segundo a polícia, ela confessou que pretendia fraudar o seguro.

 

Caso

 

Na versão apresentada no boletim de ocorrência, a suposta vítima disse que seguia pela estrada municipal Zequinha de Abreu, sentido à zona rural, por volta das 6h30. De acordo com ela, quando passava pelo quilômetro 9, dois homens em uma moto a abordaram.

 

O garupa teria descido da moto e a mandado entregar a bicicleta. A mulher alegou ainda que por ter ficado muito nervosa, não conseguiu anotar as características da moto e dos supostos autores, que estariam de capacete.

 

Investigação

 

Com base nas declarações, um inquérito foi instaurado e os investigadores levantaram provas que contradiziam as alegações feitas pela vítima, que foram consideradas fantasiosas.

 

Ao ser questionada, a mulher acabou confessando que o roubo na verdade não existiu e que ela registrou o boletim de ocorrência por ter contratado seguro para a bicicleta. Por estar passando por situação financeira delicada, e ela pretendia com o registro, acionar o seguro para recebimento do valor da indenização a ser paga pela seguradora, no valor de R$ 2 mil.

 

Crime

 

Diante da confissão, os policiais foram até à residência da mulher e encontraram a bicicleta que supostamente teria sido roubada, confirmando ter a mesma numeração informada no boletim de ocorrência.

 

Com o esclarecimento do caso, a mulher passa de vítima de suposto roubo a investigada por comunicação falsa de crime, que é punido com detenção de 1 a 6 meses ou multa. Como ela ainda não havia acionado o seguro, deixará de responder pelo crime de fraude contra o seguro, cuja pena varia de 1 a 5 anos de prisão, sem direito a fiança na fase policial.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.