PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Polícia Civil prende acusado de roubar vítima que conheceu nas redes sociais

Vítima foi rendida com uso de uma arma de choque ao convidá-lo ao apartamento dela em um condomínio em Araçatuba
Lázaro Jr.
20/09/2023 às 14h29
A polícia apreendeu a arma de choque e as algemas que teria sido utilizadas no crime (Foto: Divulgação) A polícia apreendeu a arma de choque e as algemas que teria sido utilizadas no crime (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Araçatuba (SP) prendeu na terça-feira (19), um homem de 40 anos, acusado de ser o autor de um roubo ocorrido no último dia 11, tendo como vítima uma pessoa do sexo masculino, moradora em um condomínio de apartamentos na cidade. Com o investigado foi encontrada uma máquina de choque que teria sido usada no crime.

 

A reportagem apurou que a vítima teria conhecido investigado em uma rede social e o convidado para ir à casa dela. Chegando lá, o autor anunciou assalto e, de posse de um teaser, que é uma arma de choque, rendeu o morador.

 

Ele foi algemada, amarrado e durante o período em que esteve no imóvel, o bandido tentou fazer transferências bancárias. Ao fugir, ele roubou o celular da vítima, que foi encontrado jogado em um cesto de lixo momentos depois.

 

Fuga

 

A prisão foi feita por equipe da DIG/Deic (Delegacia de Investigações Gerais da Divisão Especializada de Investigações Criminais), responsável pelo inquérito que foi instaurado após a comunicação do crime. O acusado foi encontrado quando estava na rodoviária de Araçatuba, de onde pretendia deixar a cidade.

 

Por ter sido reconhecido pela vítima por meio de fotografia, houve a abordagem e o acusado estava com uma mala. Nela foram encontradas a algema e a arma de choque que teriam sido utilizadas no crime.

 

Também foi apreendida com o acusado uma faca de 29 centímetros, um soco inglês e três ampolas de anabolizantes sem receita de prescrição ou nota de aquisição.

 

Preso

 

A equipe encaminhou o investigado ao plantão policial, onde foi reconhecido pessoalmente pela vítima como sendo o autor do roubo. Diante disso, a Polícia Civil representou pelo mandado de prisão temporária por 30 dias e foi atendida pela 1ª Vara Criminal.

 

Foi levado em consideração que o crime foi cometido mediante grave ameaça, com restrição da liberdade da vítima. Após o registro da ocorrência, o acusado permaneceu à disposição da Justiça e a polícia seguirá com o inquérito, inclusive não descartando a possibilidade de outras pessoas teram sido vítimas do investigado.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.