PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Polícia Civil faz apreensão em Penápolis em operação contra crimes sexuais contra crianças e adolescentes

Mandado foi cumprido em nova fase da Operação Querubim, deflagrada pela Polícia Civil de Bauru
Lázaro Jr.
11/10/2023 às 10h56
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Araçatuba (SP) apreendeu um notebook, quatro HDs e um celular com um morador em Penápolis, na terça-feira (10), durante cumprimento a mandado de busca e apreensão.

 

De acordo com o que foi apurado pela reportagem, o mandado de busca é referente a mais uma etapa da Operação Querubim, que tem como objetivo combater crimes sexuais praticados contra crianças e adolescentes.

 

A ação foi realizada por equipe do Seccold/Deic (Setor Especializado de Combate aos Crimes de Corrupção, Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro da Divisão Especializada de Investigações Criminais), em apoio a UIP (Unidade de Inteligência Policial) de Bauru.

 

Os equipamentos foram apresentados na Delegacia do Município de Penápolis e após o registro da ocorrência seriam encaminhados para perícia, que deve ser realizada pela unidade de Bauru, responsável pela investigação.

 

Operação

 

A primeira etapa da Operação Querubim foi realizada em julho de 2019 e resultou nas prisões em flagrante de 12 homens, incluindo um padre e um fotógrafo, sendo considerada a maior ação ocorrida na região de Bauru, em termos de prisões, segundo informado na ocasião.

 

A segunda etapa aconteceu em outubro de 2021, com mais seis prisões e 15 mandados de busca e apreensão cumpridos. As ações visaram fechar o cerco contra pessoas que armazenam e, em alguns casos, compartilham arquivos de exploração sexual infantil obtidos na Surface (Internet superficial, frequentada por 90% das pessoas), na Deep Web (onde o conteúdo é criptografo e não aparece nos mecanismos de buscas) e na Dark Web (Internet obscura com navegação anônima e endereços sombrios e clandestinos).

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.