PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Polícia Civil de Valparaíso prende acusado de homicídio

Crime aconteceu na manhã do dia 16 de agosto, na frente de uma padaria, contra um homem em situação de rua que dormia na calçada
Lázaro Jr.
29/08/2023 às 15h13

A Polícia Civil de Valparaíso (SP) prendeu nesta terça-feira (29), um homem acusado de ser o autor do assassinato de Antônio Valdizar Moreira, 56 anos, ocorrido no início da manhã do último dia 16. A vítima estava em situação de rua e foi encontrada caída na frente de uma padaria rua Francisco Fernandes Filho, com ferimentos na cabeça. Ela foi levada ao hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Segundo a Polícia Civil, no início daquela manhã a Polícia Militar comunicou que um homem teria sido agredido e, ao ser levado para atendimento na Santa Casa, havia entrado em óbito. A informação passada foi de que a vítima havia dado entrada na unidade por volta das 8h30, com lesões na cabeça, no rosto, na orelha e nos braços.

 

Investigação

 

Foi determinada a preservação do local para realização de perícia e na ocasião, a polícia foi informada que Moreira estava dormindo pelo local desde a madrugada e só foi visto sangrando por volta das 8h, quando foi socorrido.

 

Com base nas informações apuradas, um inquérito foi instaurado e desde então a equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Delegacia de Valparaíso, com apoio da equipe de Bento de Abreu, fizeram diligências para esclarecer a autoria e motivação do crime, ação que foi supervisionada e orientada pelo delegado Michel Oliveira.

 

Identificado

 

Com auxílio de imagens de câmeras de monitoramento, a polícia conseguiu identificar o investigado como sendo o autor do crime e representou pela prisão temporária dele. O mandado foi cumprido nesta terça-feira, sendo o acusado encontrado na residência dele, no bairro Acapulco, imóvel que também foi alvo de mandado de busca e apreensão.

 

Ainda segundo a polícia, em depoimento o investigado admitiu ser o autor das agressões que levaram Moreira à morte. Como as investigações seguem em andamento, o delegado responsável optou por não dar detalhes do caso, que é investigado como homicídio qualificado pelo recurso que dificultou a defesa da vítima.

 

Após ser ouvido, o acusado seria encaminhado à cadeia de Penápolis onde deve permanecer à disposição da Justiça.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.