PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Mulher é presa em Birigui com cocaína escondida na cadeira de rodas da filha

Flagrante foi feito pela Polícia Militar após denúncias de que ela estaria comercializando entorpecentes; alegou que seria para uso 
Lázaro Jr.
06/11/2023 às 15h03
Tablete da droga estava escondido na espuma no assento da cadeira de rodas (Foto: Divulgação) Tablete da droga estava escondido na espuma no assento da cadeira de rodas (Foto: Divulgação)

Uma mulher de 30 anos foi presa na manhã desta segunda-feira (6) pela Polícia Militar, em Birigui (SP), por tráfico de drogas, ao ser flagrada com cocaína. Um tablete de pasta base de cocaína foi encontrado escondido dentro do assento de uma cadeira de rodas usada por uma filha dela.

 

A equipe que fez o flagrante informou que pela manhã recebeu denúncia de que na residência localizada na rua Manoel Lourenço Batista, no bairro Novo Jardim Stábile, uma mulher estaria comercializando drogas e teria uma arma de fogo.

 

Como os policiais já haviam recebido denúncias anteriores sobre o tráfico de drogas nesse mesmo imóvel, eles foram ao local e se depararam com a investigada na área da frente. Ela atendeu a equipe na calçada, fora da residência, identificou-se como moradora e negou que houvesse arma de fogo no local. Porém, informou que havia certa quantidade de drogas.

 

A investigada teria autorizado as buscas e indicou uma gaveta onde havia uma pequena bolsa, tipo pochete, com 14 pinos com cocaína e uma ‘trouxinha’ com o mesmo tipo de substância. Segundo a polícia, na mesma gaveta havia uma balança digital de precisão.

 

Tablete

 

A equipe informou ainda que no mesmo quarto havia uma cadeira de rodas e dentro do assento dessa cadeira, havia um tablete de pasta base de cocaína. Segundo a polícia, o assento possui uma capa com zíper e na parte da espuma havia um corte para encaixar a droga.

 

Segundo a polícia, a investigada disse que a cadeira de rodas é utilizada pela filha, de 7 anos, que fica em outro quarto da casa e tem microcefalia. Para a polícia, há indícios de que a cadeira estava sendo utilizada para esconder a droga, auxiliando no transporte do entorpecente.

 

Além dessa filha, a mulher tem um menino de 1 ano e 6 meses. O companheiro dela, que trabalha como entregador em uma farmácia, estava trabalhando no momento das buscas, mas compareceu ao local.

 

A mulher alegou que o entorpecente seria para uso pessoal e que o companheiro dela não teria conhecimento dessas drogas. Disse ainda que o casal está em processo de separação, motivada por ela ser usuária de drogas.

 

Presa

 

Ela foi apresentada na delegacia junto com o entorpecente apreendido e o assento da cadeira de rodas. Quanto ao celular dela, ele deixou de ser apreendido por conter os contatos de profissionais da área da saúde que acompanham o tratamento da filha da investigada. Nenhuma arma de fogo ou munição foi encontrada no local. 

 

O delegado Nilton Aparecido Marinho, que presidiu a ocorrência, decidiu pela manutenção da prisão e após ser ouvida a investigada permaneceu à disposição da Justiça para ser apresentada em audiência de custódia.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.