PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Justiça manda prender acusado de ser chefe do tráfico em Araçatuba

Ele seria o proprietário de 695 pinos com cocaína que foram apreendidos pela Polícia Militar em agosto deste ano
Lázaro Jr.
31/10/2023 às 19h32
Droga apreendida em agosto seria do réu, que foi preso pela Polícia Civil por determinação da Justiça (Foto: Divulgação) Droga apreendida em agosto seria do réu, que foi preso pela Polícia Civil por determinação da Justiça (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Araçatuba (SP) prendeu na segunda-feira (30), Webster Marques Paiva da Silva, 29 anos, apontado como chefe do tráfico de drogas e proprietário de 695 pinos com cocaína que foram apreendidos pela Polícia Militar no dia 9 de agosto deste.

 

A droga estava com Douglas Mendes Ramos, 30, que foi preso em flagrante na ocasião. Eles e a companheira de Silva, Cristiane Daniele Gavião, foram denunciados pelo Ministério Público. Os dois primeiros tiveram as prisões decretadas pela Justiça, que aceitou a denúncia contra os três, mas a mulher seguirá respondendo em liberdade.

 

Ramos foi preso naquela tarde por equipe da Rocam (Ronda Ostensiva com Auxílio de Motocicletas) durante patrulhamento pela avenida Dois de Dezembro. Os policiais suspeitaram do agora réu, que era passageiro de um veículo Honda Fit, e teria se abaixado no banco ao ver os policiais.

 

Foi feita a abordagem, constatado que o carro era conduzido por um motorista por aplicativo e que o passageiro trazia uma bolsa feminina, a qual havia deixado no banco traseiro do carro. Ele assumiu a propriedade do objeto, onde foi encontrado o entorpecente. Segundo a polícia, a droga estava dividida em 12 embalagens com aproximadamente 60 pinos cada.

 

Contratado

 

Ainda de acordo com a polícia, informalmente Ramos disse que receberia R$ 200,00 para levar a cocaína até o bairro São José. Ele contou ainda que estava de posse de um celular entregue a ele por uma mulher.

 

Quando chegasse no destino, receberia uma ligação para confirmar a chegada, fazer a entrega e receber o valor combinado. Preso em flagrante, ele foi apresentado no plantão policial e permaneceu à disposição da Justiça. A droga pesou 445,67 gramas, segundo a polícia.

 

Denúncia

 

Na denúncia apresentada pelo Ministério Público consta que foi apurado que Ramos e um adolescente, que seria sobrinho de Silva, teriam embalado o entorpecente no apartamento pertencente ao tio do adolescente e à companheira dele, na rua Antônio dos Santos Ribeiro.

 

Os dois teriam aguardado a chegada do carro do motorista por aplicativo que havia sido contratado para levar Ramos até o bairro São José, supostamente a mando de Silva, mas ele foi abordado no caminho. Ainda de acordo com a denúncia, o adolescente teria dito que havia ajudado Ramos embalar o entorpecente e que o casal estava no imóvel durante a realização desse trabalho.

 

Associação

 

Para o Ministério Público, apesar de o casal negar o crime, tanto o homem como a mulher seriam conhecidos nos meios pela prática de tráfico de drogas e há informação de que Silva exerce liderança no tráfico de drogas na cidade. Já Ramos possui dupla reincidência em crime de tráfico de drogas.

 

No caso em análise, que teria envolvido ainda um adolescente, configuraria os crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas, no entendimento da Promotoria de Justiça, que apresentou a denúncia contra os três.

 

Preso

 

Ramos já estava preso e o mandado de prisão contra Silva foi cumprido por equipes da DH/Dise/Deic (Delegacias de Homicídios e de Investigações Sobre Entorpecentes da Divisão Especializada de Investigações Criminais).

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.