PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Jovem é preso após assalto em posto de combustíveis em Birigui

Foi abordado minutos depois pela Polícia Militar e estava em posse do dinheiro roubado; comparsa não foi encontrado
Lázaro Jr.
21/10/2023 às 18h23
Foto: Ilustração/Divulgação Foto: Ilustração/Divulgação

Um jovem que completou 18 anos há menos de duas semanas foi preso no final da tarde de sexta-feira (20), em Birigui (SP), acusado de participação no assalto a um posto de combustíveis no bairro Jandaia. Na ação criminosa ele estava acompanhado de outro rapaz, que foi identificado, mas não localizado.

 

Os policiais militares que apresentaram a ocorrência informaram que por volta das 17h30 foram comunicados do assalto no estabelecimento. No local eles analisaram as imagens e viram que um dos autores usava uma camiseta vermelha para cobrir parte do seu rosto e estava com um revólver.

 

O outro vestia uma camisa do Corinthians e um gorro preto abaixado no rosto. A vítima, que estava na loja de conveniência, contou que a dupla entrou no prédio e gritou: “É um assalto! É um assalto!", exigindo o dinheiro do caixa e o celular dela. A vítima entregou o dinheiro, informou que estava sem o celular e os dois fugiram a pé. 

 

Preso

 

Após colher as informações os policiais saíram em diligência e nas proximidades do condomínio Aroeiras, na rua João Fioroto, viram o acusado caminhando, estando com uma camisa do Corinthians sobre um dos ombros.

 

Ao ser abordado ele segurava uma sacola com R$ 144,00 em dinheiro, teria admitido ser um dos autores do roubo e disse que o dinheiro seria proveniente do crime. Ele contou ainda que havia combinado com o comparsa de cada um fugir para uma direção após o assalto.

 

Ele foi apresentado o plantão policial, onde a vítima informou não ter condições de fazer o reconhecimento de nenhum dos autores, pois a ação foi muito rápida e eles estavam com o rosto escondido. Na delegacia, o acusado optou por permanecer em silêncio e permaneceu à disposição da Justiça.

 

Perigoso

 

O delegado que presidiu a ocorrência representou pela decretação da prisão preventiva do investigado, levando em consideração que apesar de ter completado 18 anos recentemente, enquanto adolescente ele praticava reiterados atos infracionais e é pessoa conhecida nos meios policiais.

 

“Seu ‘modus operandi’ demonstrou ser dado ao emprego de grave ameaça e estar acompanhado de indivíduo armado com revólver, causando assim grande risco às vítimas”, justificou. Um inquérito será instaurado para dar seguimento à investigação e possível identificação formal e responsabilização criminal do outro autor do assalto.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.