PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Homem morre após ser baleado na avenida dos Araçás

Estava conduzindo um carro que capotou e caiu na Fundadores após ele ser atingido; tiro transfixou o corpo
Lázaro Jr.
24/12/2023 às 10h19

Guilherme Augusto Bracale Rocha, 44 anos, morreu na madrugada deste domingo (24), após ser baleado enquanto conduzia um carro pela avenida dos Araçás, em Araçatuba (SP). O veículo capotou e caiu na rua Fundadores após a vítima ser ferida.

 

Segundo o que foi apurado pela reportagem, policiais militares informaram a Polícia Civil sobre a ocorrência por volta das 2h30. Foi relatado que a vítima conduzia um Citroën C3 pela avenida e que o crime aconteceu próximo ao supermercado Diniz.

 

Uma pessoa que estava pelas imediações relatou aos policiais que ouviu um barulho e viu o carro capotando e caindo na via contrária, sentido centro. Essa testemunha foi até o local, constatou que o condutor do carro estava ferido, percebeu que uma ambulância se aproximava e pediu socorro. Entretanto, o óbito teria sido constatado no local.

 

Tiro

 

A área foi preservada pela Polícia Militar para a realização de perícia, que foi acompanhada por equipe da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais). Ainda de acordo com o que foi apurado, análise inicial apontou que o tiro que provocou a morte teria sido disparado por uma pistola calibre 9 milímetros.

 

O projétil entrou pelo braço direito, transfixou o corpo e saiu no tórax do lado esquerdo, vindo a ficar alojado na coluna do carro. Segundo o que foi apurado, a testemunha contou ter ouvido barulho de disparo de arma de fogo antes de ver o carro capotando.

 

Após a conclusão da perícia o corpo foi recolhido e encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico e um inquérito deve ser instaurado pela DH/Deic (Delegacia de Homicídios). O projétil deflagrado e o celular da vítima foram apreendidos para serem periciados.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.