PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Homem é preso por matar outro com uma chave de rodas

Alegou que a vítima pediu dinheiro emprestado durante um show em Lavínia e não quis devolver quando o procurou
Lázaro Jr.
02/12/2023 às 13h59

Paulo Cesar Justino Dias, 33 anos, morreu após ser agredido com um golpe de barra de ferro na cabeça no início da madrugada deste sábado (2), em Lavínia (SP). O acusado do crime, um homem de 41 anos, foi preso em flagrante e confessou ter batido com uma chave de rodas na cabeça da vítima.

 

Segundo o que foi relatado, no início da madrugada a Polícia Civil foi informada de uma ocorrência de lesão corporal na Adega do "Zé Galinha". A informação passada foi de que a vítima havia se desentendido com um desconhecido e agredida com um golpe na cabeça com um objeto não identificado. 

 

Também foi informado que Dias foi socorrido por populares e levado para o Hospital Estadual de Mirandópolis, com um corte na cabeça, e permaneceu internado. A morte foi comunicada à polícia somente pela manhã, tendo ocorrido devido à agressão.

 

As diligências para tentar identificar o autor do crime prosseguiram por toda madrugada e pela manhã, já com auxílio de policiais militares, foram encontradas testemunhas que ajudaram na identificação do autor. 

 

Confessou

 

O acusado foi encontrado no sítio onde reside e confirmou que esteve no bar onde ocorria um show musical com um amigo. Na versão dele, a vítima teria pedido um dinheiro emprestado e quando foi cobrá-la, ela não teria lhe devolvido.

 

Diante da recusa, investigado disse que foi até o carro dele, pegou uma chave de rodas, retornou até próximo de uma esquina, descendo a rua da Adega, e bateu com a barra de ferro na cabeça de Dias.

 

A barra de ferro foi apreendida, assim como as roupas que eram usadas pelo investigado, que foram reconhecidas pelas testemunhas. Após ser ouvido ele permaneceu à disposição da Justiça para ser apresentado em audiência de custódia.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.