PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Homem é preso acusado de deixar Pit Bull definhar até a morte

Cão em estado esquelético foi levado na Clínica Meu Pet de Araçatuba e foi configurado maus-tratos
Lázaro Jr.
27/01/2024 às 09h43

Agência Trio NotíciasUm homem de 24 anos foi preso em flagrante por maus-tratos a animais no final da tarde de sexta-feira (26), após procurar a Clínica Meu Pet, de Araçatuba (SP), com um cão da raça Pit Bull em estado esquelético. O animal teve que ser sacrificado e o investigado foi multado em R$ 6 mil.

 

Segundo o boletim de ocorrência, o caso foi apresentado no plantão policial por policiais militares ambientais que foram acionados pela veterinária da Clínica Veterinária Meu Pet. Ela contou que o investigado compareceu à clínica com um cão da raça Pit Bull com 5 anos de idade, que atendia pelo nome Thanos.

 

Ainda de acordo com a profissional, o acusado alegou que o animal teria apresentado emagrecimento progressivo desde o início de dezembro e quadro de anorexia há um mês. O tutor do Pit Bull alegou ainda, que o animal havia contraído a doença do carrapato com um ano de idade. 

 

Sacrificado

 

A veterinária informou aos policiais que durante o atendimento foi realizado exame para constatação de leishmaniose, mas no estágio em que o animal havia sido apresentado, com caquexia (perda de peso) e quadro avançado da doença, o tratamento não seria mais possível, por isso, ela optou pela eutanásia. 

 

A profissional afirmou à polícia que o cão chegou ao estado crítico de saúde em que se encontrava devido à negligência do proprietário, que poderia ter procurado o atendimento antes para o animal.

 

Sem condições

 

No boletim de ocorrência, os policiais militares ambientais que atenderam a ocorrência relataram que ao questionar o tutor do cão sobre eventual negligência, ele alegou que medicou o animal, mas não procurou atendimento imediato em uma clínica veterinária por falta de condições financeiras. Porém, diante do quadro clínico atual do cão, ele resolveu procurar a clínica pública.

 

Com base no laudo expedido pela médica veterinária e pela análise das versões e do próprio animal, o qual estava em estado de desidratação severa, caquético e exalando mal cheiro, decidiram apresentar o investigado no plantão policial.

 

Preso

 

O delegado que presidiu a ocorrência decidiu pela decretação da prisão em flagrante, sem direito a fiança, e após ser ouvido, o investigado permaneceu à disposição da Justiça, para ser apresentado em audiência de custódia.

 

O Pit Bull permaneceu na clínica para ser submetido ao procedimento de eutanásia e a ficha de avaliação, junto com o laudo expedido pela médica veterinária, serão anexadas ao inquérito, junto com fotos do animal feitas na clínica.

 

Ele foi autuado por crime ambiental previsto na Resolução SIMA 05/2021. A multa de R$ 6.000,00 deve-se ao fato de o animal ter morrido em função da suposta negligência do tutor, que foi orientado sobre a data e hora agendados para o atendimento ambiental.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.