PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Homem é morto a tiros no bairro Engenheiro Taveira

Havia deixado o sistema prisional em setembro, quando progrediu para o regime aberto
Lázaro Jr.
07/01/2024 às 10h56

Josimar Aparecido de Oliveira, 35 anos, conhecido como Cawboy, foi assassinado a tiros na noite de sábado (6) no bairro Engenheiro Taveira, em Araçatuba (SP). Foi o primeiro homicídio do ano registrado na cidade. Segundo a polícia, ele foi encontrado já sem vida, caído próximo da praça central do bairro, que não é zona rural, apesar de ser distante da cidade.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, pouco depois das 21h a Polícia Civil foi comunicada pela Polícia Militar sobre um homicídio no bairro. A informação passada foi de que o corpo havia sido encontrado na rua Minas Gerais, próximo da praça central do bairro.

 

A equipe de investigação encontrou o local preservado pelos policiais militares e foi informada que o óbito já havia sido constatado pelo médico do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ainda de acordo com o que foi informado aos policiais, Oliveira estava sem os documentos pessoais, portando apenas dinheiro, um maço de cigarros e isqueiro.

 

Ferimentos

 

Em análise inicial o médico identificou um ferimento por disparo de arma de fogo na cabeça, um no peito e dois no braço esquerdo. Equipe do Instituto de Criminalística foi acionada e a perícia foi acompanhada por equipe da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais).

 

Durante o trabalho, os peritos constataram que a vítima levou um tiro na nuca, com entrada pela lateral do pescoço. Após a conclusão da perícia o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para velório e enterro.

 

Investigação

 

Ainda de acordo com a polícia, não foram encontradas testemunhas. No local os policiais falaram com a ex-companheira de Oliveria, que recebeu os pertences pessoais dele. Segundo o que foi informado, ela disse que não tem conhecimento do que o ex-companheiro vinha fazendo após a separação do casal.

 

Em pesquisa no site do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), a reportagem encontrou dois processos referentes a Oliveira, um de 2018 por tráfico de drogas e um de 2021, por furto.

 

Consta ainda que ele cumpria pena de 6 anos de prisão referente ao processo de 2018, cujo flagrante aconteceu em Santo Antônio do Aracanguá. Porém, em 20 de setembro do ano passado, quando cumpria pena no CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de São José do Rio Preto, ele progrediu para o regime aberto.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.