PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Homem é identificado pela DDM de Birigui após fazer 13 chamadas de vídeo nu, para mulher.

Equipe cumpriu mandado de busca contra o investigado e apreendeu lençol e cortina do quarto, que aparecem nas imagens gravadas pela vítima
Da Redação
30/08/2023 às 19h18

A Polícia Civil de Birigui (SP) identificou um homem de 35 anos, morador em Guararapes, como sendo o autor de mais de uma dezena de chamadas de vídeo feitas para uma moradora em Birigui, que não o conhece, nas quais ele aparecia nu e se masturbando.

 

Nesta quarta-feira (30), durante cumprimento a mandado de busca e apreensão expedida pela Justiça, equipe da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) encontrou e apreendeu um lençol e uma cortina no quarto do investigado, os quais aparecem nas imagens, que foram gravadas pela vítima.

 

A investigação é coordenada pelo delegado Ícaro Oliveira Borges, que informa que o boletim de ocorrência comunicando o crime de importunação sexual foi registrado no último dia 14. Na ocasião, a vítima informou que recebeu no telefone comercial que ela usa, várias ligações via WhatsApp em chamadas de vídeo.

 

Na primeira vez que atendeu, ela viu o homem nu, em ato de masturbação, e imediatamente encerrou a chamada. Entretanto, o autor fez nova chamada, utilizando outro número, e insistiu em chamar a atenção da vítima, que sempre encerrava as ligações.

 

Porém, após a 13ª tentativa, ela aceitou a chamada e percebeu que tratava-se da mesma pessoa, sendo um homem com idade entre 30 a 40 anos, pelado e se masturbando.

 

Investigação

 

Ao tomar conhecimento do caso, a polícia de imediato constatou que o autor havia praticado contra a vítima, sem a devida permissão, ato libidinoso com o fim de satisfazer a própria lascívia. Ao instaurar o inquérito, a DDM teve acesso a parte do vídeo, que foi registrado pelo marido da denunciante, após ser comunicado pela mulher sobre o que estava acontecendo.

 

Com base nas informações recebidas e no material apresentado, e com auxílio de investigação tecnológica, a polícia conseguiu esclarecer autoria do crime e o delegado representou judicialmente pelo mandado de busca e apreensão. 

 

Detido

 

Durante o cumprimento da ordem judicial, em Guararapes, o investigado foi encontrado na casa dele e teve apreendido um equipamento de processamento e armazenamento de dados.

 

A polícia também recolheu o lençol e a cortina do quarto da residência, que foram identificados como sendo os mesmo que aparecem nas imagens apresentadas à polícia, referentes à ligação de vídeo feita pela vítima.

 

Ainda de acordo com o que foi informado, o acusado foi apresentado na delegacia, mas como não houve flagrante, ele foi ouvido e liberado. Ele negou a prática do crime. O material apreendido será encaminhado para perícia para que o inquérito seja concluído e relatado.

 

Por a vítima não conhecer o investigado, a polícia acredita que ele tenho feito a ligação de vídeo aleatoriamente, sem saber quem era a mulher. Não é descartada a possibilidade de surgirem nova vítimas após o esclarecimento do caso.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.