PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Dupla é presa acusada de furtar mais de R$ 10 mil em barras de cobre em usina

Foram surpreendidos quando transportavam os materiais, que foram recuperados; 2 suspeitos fugiram
Lázaro Jr.
05/02/2024 às 12h34

* Matéria atualizada para corrigir o valor da mercadoria, atualizado para a polícia

 

Dois homens foram presos e outros dois conseguiram fugir, após furtarem mais de R$ 10 mil em barras de cobre que estavam instaladas em uma usina de açúcar e álcool de Penápolis (SP), a qual está com as atividades suspensas.

 

O flagrante foi feito por volta de 1h30, por policiais militares que estavam em patrulhamento pela rua Augusto Pereira de Moraes e viram um veículo VW Gol que aparentava estar transportando uma carga pesada no porta-malas.

 

A equipe deu ordem de parada ao condutor do veículo, que desobedeceu e passou a ser acompanhado. Quando passava por uma área de vegetação na avenida Frei Afonso Louveira, ele estacionou e abandou o veículo, vindo a correr junto com outro suspeito, em direção à mata.

 

Furto

 

Os policiais conseguiram deter um pedreiro de 20 anos e outro homem de 25 anos, que não teve a profissão informada, e que também tentaram fugir, mas foram abordados. Eles não traziam nada de irregular consigo, segundo a polícia, mas no carro foram encontradas diversas ferramentas e equipamentos, além de diversas barras de cobre (barramento eletrolítico).

 

Segundo a polícia, os investigados revelaram que haviam acabado de furtar esse material do pátio da usina, que fica na zona rural da cidade. Eles alegaram que os suspeitos que conseguiram fugir residem perto dessa empresa e os teriam convidado para participar do crime.

 

A ideia era posteriormente vender as barras de cobre para repartir o lucro obtido entre os quatro. Os investigados foram apresentados no plantão policial junto com a carga, que pesou 176,6 quilos. Ainda de acordo com o que foi relatado, o material foi avaliado em pouco mais de R$ 11 mil.

 

Presos

 

O delegado Eugênio Pedro Timóteo Bibiano dos Santos, que presidiu o flagrante, decidiu pela decretação da prisão em flagrante dos acusados por furto qualificado, que não tem direito a fiança na fase policial. Após serem ouvidos eles permaneceram à disposição da Justiça.

 

Um inquérito será instaurado e a polícia tentará identificar os dois suspeitos que conseguiram fugir, que poderão responder criminalmente pelo mesmo crime. O carro foi apreendido, assim como o celulares dos investigados, para serem periciados.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.