PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Adolescentes de 14 e 16 anos são apreendidos em Birigui por roubar celular de estudante

Vítima tem 14 anos e disse à polícia que voltava da escola quando foi agredida com uma paulada no peito e teve o celular roubado
Da Redação
16/08/2023 às 10h58

Um adolescente de 14 e outro de 16 anos, foram apreendidos na tarde de terça-feira (15), em Birigui (SP), acusados de roubar o celular de outro menino, de 14 anos. A vítima disse à polícia que conhecia um dos investigados, por terem estudado juntos.

 

O estudante disse à polícia que saiu da escola às 14h e quando passava pela rua Alderico Rosaboni, foi abordado por dois adolescentes em uma bicicleta. Segundo a vítima, o de 14 anos, que usa cabelo platinado, perguntou a hora.

 

Quando tirou o celular na bolsa para ver a hora, ele foi agredido pelo outro adolescente, que usou um pedaço de madeira para bater no abdômen dele. Ao ser golpeado o estudante deixou o celular cair. O aparelho foi pego pelo mais novo e os dois fugiram em seguida.

 

Após ter o celular roubado o menino pediu ajuda para populares, que acionaram a Polícia Militar. Ao ser ouvido pela equipe, ele comentou que conhecia os autores de vista, por terem estudado na mesma escola. 

 

Detidos

Em diligências pelas imediações os policiais encontraram os adolescentes infratores, que tentaram fugir pulando um muro ao ver a viatura. Porém, eles se renderam em seguida e o celular roubado foi encontrado com o menino de 14 anos, que confessou ter sido responsável por anunciar o roubo, enquanto o outro teria pego o aparelho da vítima. 

 

Segundo a polícia, no local onde a dupla foi detida é a residência do adolescente de 14 anos e a mãe dele, que estava presente, teria comentado que o filho dela estaria dando problemas e estaria envolvido na prática de atos infracionais. 

 

Furto

Em depoimento, os adolescentes negaram o roubo, alegando que praticaram um furto. O de 14 anos alegou que após perguntar a hora à vítima, o colega dele teria tomado o aparelho das mãos do estudante, sem agressão, e corrido em direção a uma matinha.

 

Na versão dele a vítima teria se ferido durante a tentativa de recuperar o aparelho, vindo a bater o corpo contra galhos dessa mata. O outro adolescente infrator deu a mesma versão, mas alegou que teria jogado um pedaço de madeira contra a vítima, quando esta a seguia pela mata, vindo a atingi-la no peito.

 

O delegado que presidiu a ocorrência decidiu pela manutenção da apreensão dos dois por ato infracional de roubo e ele seriam encaminhados a uma unidade da Fundação Casa, onde permaneceriam à disposição da Vara da Infância e da Juventude.

 

A vítima passaria por exame de corpo de delito para confirmar a lesão e teve o celular recuperado. 

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.