PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Polícia

Acusado de abrir fogo em bar e matar jovem em Barbosa é preso

Outras 2 pessoas foram feridas pelos disparos de arma de fogo; investigado foi preso pela Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso do Sul
Lázaro Jr.
08/02/2024 às 16h49
Wesley Pires de Souza foi morto com um tiro no peito (Foto: Reprodução) Wesley Pires de Souza foi morto com um tiro no peito (Foto: Reprodução)

A Polícia Rodoviária Federal capturou na quarta-feira (7) em Ivinhema (MS), o homem de 31 anos, que responderia pelo apelido de "Cowboy", acusado de ter disparado com uma arma de fogo em um bar em Barbosa (SP), município vizinho a Penápolis, matado uma pessoa e ferido outras duas.

 

O crime aconteceu na madrugada de 21 de janeiro e o investigado era considerado foragido, pois a Polícia Civil de Barbosa já havia representado pela prisão temporária dele. Segundo o que foi divulgado, ele foi abordado durante fiscalização de rotina e, ao consultar a documentação dele, encontraram o mandado de prisão expedido pela Justiça de Penápolis em aberto.

 

O delegado Thales Eduardo Anhesini, responsável pela investigação, revela que havia tratativas com a defesa do investigado, para que ele se apresentasse na delegacia em Barbosa após a expedição do mandado de prisão.

 

Como ele não se apresentou, foi cumprido mandado de busca, mas nem ele e nem a arma usada no crime foram localizados. Desde então, a investigação seguia na tentativa de localizar o paradeiro do investigado. Agora, com a prisão dele, existe a possibilidade de uma equipe de Barbosa ir buscá-lo ainda nesta semana no Estado de Mato Grosso do Sul para trazê-lo e dar sequência à investigação.

 

A prisão temporária é por 30 dias, mas poderá ser prorrogada se houver necessidade para a conclusão do inquérito, que também depende da emissão dos laudos do IML (Instituto Médico Legal).

 

Caso

 

Naquela noite, um jovem de 26 anos contou à polícia que estava nesse bar na rua João Paulo XXIII, quando encontrou o "Cowboy", que teria agredido a tia dele na semana anterior. Ao tirar satisfação com o investigado, os dois teriam discutido.

 

Cowboy teria deixado o local de moto e retornado em seguida armado com um revólver. Ao perceber que ele estava armado, a vítima tentou segurá-lo, mas o acusado teria passado a fazer disparos, descarregando a arma.

 

Feridos

 

Um dos disparos atingiu a mão esquerda do jovem que lutava com cowboy; uma jovem de 19 anos que não tinha relação com os fatos foi ferida na panturrilha da perna direita; e Wesley Pires de Souza, que levou um tiro no lado esquerdo do peito, chegou a ser socorrido, mas não sobreviveu.

 

Como começou a chover logo após a ocorrência e as vítimas haviam sido socorridas, não havia campo para perícia. A polícia fez diligências, mas não encontrou o autor dos crimes, que era considerado foragido.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.