PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Cotidiano

TCE encontra aparelhos quebrados e remédios vencidos em unidades de saúde gerenciadas por OSs

Fiscalizações foram feitas em 98 cidades da região metropolitana, do litoral e do interior, entre elas, Birigui
Da Redação
16/11/2023 às 19h35
Imagem: Divulgação Imagem: Divulgação

Auditoria-surpresa realizada hoje pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) em 170 unidades de saúde gerenciadas por OSs (Organizações Sociais) revela que, em mais de 30% delas, existem equipamentos quebrados e, em mais de 10%, há remédios vencidos. As fiscalizações, feitas em 98 cidades da região metropolitana, do litoral e do interior, foram executadas em estabelecimentos municipais (131) e estaduais (39).

 

Segundo o que foi divulgado, nessas unidades também foram identificadas falhas diversas no armazenamento de remédios e na limpeza das unidades visitadas (22,35%); a inexistência de AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), documento que atesta o respeito às regras de segurança contra incêndio (53,53%); e dificuldades para a transferência de pacientes (21,95%).

 

O controle de frequência dos médicos ainda é feito manualmente em mais de metade dos locais visitados (52,91%). O relatório de atividades está disponível por meio do link www.bit.ly/3sF7gJa.

 

Referência

 

Em nota divulgada à imprensa, o presidente do TCE, Conselheiro Sidney Beraldo, explica que o objetivo é comparar esses achados com os de outubro do ano passado. "Queremos saber se, efetivamente, foram tomadas providências em relação aos problemas apontados na ocasião, já que os gestores tiveram tempo mais do que suficiente para regularizar as falhas encontradas”, afirmou.

 

De acordo com o que foi informado, o relatório comparativo será divulgado pelo Tribunal na próxima semana. Beraldo afirmou que o tribunal é favorável aos ajustes firmados com essas organizações sociais, mas isso não exime os gestores da obrigação de acompanhá-los e fiscalizá-los.

 

"Afinal, é dever de quem foi eleito garantir a qualidade dos serviços que estão sendo prestados à população”, explicou. O presidente do TCE comentou ainda, que muitos administradores estão simplesmente deixando isso de lado.

 

De acordo com o que foi divulgado, o Painel do Terceiro Setor do TCE mostra que, apenas entre janeiro e junho deste ano, o governo estadual já transferiu mais de R$ 4 bilhões para entidades da área da saúde. Já as Prefeituras repassaram quase R$ 3,5 bilhões para OSs do setor.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.