PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Cotidiano

Antiga estação ferroviária ‘volta a ter vida’ em Penápolis

Imóvel foi totalmente revitalizado em parceria com o governo do Estado e passa a abrigar o Centro de Integração da Cidadania; reinauguração aconteceu na última sexta, mais de 3 anos após o início das obras
Lázaro Jr.
09/10/2023 às 16h16
Inauguração teve a presença do secretário de Estado da Justiça e Cidadania (Foto: Lázaro Jr.) Inauguração teve a presença do secretário de Estado da Justiça e Cidadania (Foto: Lázaro Jr.)

Cerca de 80 anos após ser construída, a sede da antiga Estação Ferroviária de Penápolis (SP), que passou um bom tempo abandonada, foi totalmente revitalizada e devolvida à comunidade local, agora como sede do Centro de Integração e Cidadania. Nele, foram instaladas a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a Unidade de Reintegração Social, a Sala dos Conselhos Municipais e a Casa do Artesão.

 

O espaço ainda conta com o PIT (Posto de Informação Turística) da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, para atendimento ao turista, com informações e orientações às pessoas que chegam à cidade e desejam saber mais sobre hotéis, gastronomia, pontos turísticos e demais aspectos do município.

 

Familiares do comerciante José Ribeiro de Barros, que dá nome ao prédio, foram homenageados pela administração municipal durante a inauguração oficial, que aconteceu na última sexta-feira (6), com a presença do secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Fábio Prieto.

 

A revitalização do prédio é fruto de uma parceria com o governo paulista, por meio do FID (Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos). Pelo convênio, o município recebeu R$ 881.527,40 e investiu mais R$ 468 mil em recursos próprios para complemento da reforma e aquisição do mobiliário.

 

Refeito

 

O secretário elogiou o trabalho que foi realizado no prédio, reforçando que devido à ação do tempo e de vândalos que aproveitaram da situação de abandono do espaço, foi possível aproveitar apenas a estrutura básica do imóvel.

 

Assim, ele entende que ao reinaugurar a estação ferroviária nas condições em que ela está agora, resgata-se a memória histórica, mas também, valoriza toda essa região da cidade. “Quando você revitaliza um espaço desse no centro da cidade, você anima os empresários e atrai investimentos. Ainda não inventaram outro meio de gerar empregos que não seja, comércio, serviço e indústria. Geração de emprego, a gente acredita nisso”, disse à reportagem.

 

Apoio

 

Prieto destacou ainda a importância dos serviços que serão oferecidos no Centro de Integração e Cidadania, que além de revitalizar todo o comércio na frente do prédio, dará apoio para as pessoas que ainda estão em busca de uma colocação no mercado de trabalho. “Quem ainda não consegue um emprego é só atravessar a rua e vir para o lado de cá, pois a gente precisa ter uma rede de apoio e esse equipamento responde muito bem por isso”, afirmou.

 

Ele acrescentou que uma estação ferroviária tem como finalidade acolher as pessoas que chegam em uma cidade. Isso aconteceu com muitas pessoas que contribuíram para o desenvolvimento de Penápolis e de muitas cidades da região, como Araçatuba, que foi fundada justamente com a inauguração da primeira estação ferroviária do município.

 

No caso da nova estação de Penápolis, agora um Centro de Integração e Cidadania, ele irá acolher as pessoas que estão em Penápolis até que possam ter uma renda própria, segundo o secretário.

 

Parceria

 

Sobre a parceria do Estado com o município para ajudar a custear a obra, Prieto comentou que ela foi importante e revelou que o município apresentou outro projeto para obter recursos por meio do FID (Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos).

 

Ele não adiantou do que se trata e informou que este faz parte de vários projetos apresentados por cerca de 400 Prefeituras do Estado, cujo resultado deve ser divulgado apenas após julgamento, já que não há recursos para atender todos.

 

Porém, esse julgamento deve acontecer ainda este ano, segundo o secretário. Ele inclusive esteve em Araçatuba na manhã de quinta-feira (5), quando recebeu prefeitos de várias regiões e teria sido um dos assuntos tratados.

 

Vida

 

O prefeito de Penápolis, Caique Rossi (PSD), se disse muito feliz com a parceria feita com o governo do Estado que permitiu a revitalização da antiga estação ferroviária, que voltou a ter vida, de acordo com ele. “Estamos entregando um prédio que voltou a gerar esperança nas pessoas, que vai cuidar bem das pessoas mais simples do município, que vai fortalecer o comércio de Penápolis, um prédio que gera para a gente a certeza de que o bem merece ser trilhado”, disse à reportagem.

 

Ele explicou que apesar de a inauguração oficial ter acontecido na sexta-feira, o Centro de Integração e Cidadania de Penápolis está atendendo a população há mais de 20 dias. Segundo o prefeito, ainda há alguns serviços a serem feitos, como a instalação de aparelhos de ar-condicionado em algumas salas, o que deve ser feito em breve.

 

Obra levou cerca de 3 anos para ficar pronta

 

A licitação para a reforma e revitalização da antiga estação ferroviária de Penápolis foi aberta em março de 2020, ainda na gestão do ex-prefeito Célio de Oliveira. Ele, que possui um programa de rádio na cidade chegou a comentar na sexta-feira (6) que deveria ter sido convidado oficialmente para participar da cerimônia de inauguração.

 

Ainda de acordo com o ex-prefeito, durante seis dos oito mandatos dele, ele ficou atrás das autoridades para obter a autorização para o investimento no prédio, que não pertencia ao município.

 

O projeto técnico para a reforma do espaço foi apresentado em 2018 pela Prefeitura no chamamento público para aplicação de recursos do FID. Na ocasião, a administração municipal comentou que entre 1.200 projetos inscritos, apenas 149 foram selecionados para receber o investimento.

 

História

 

O prédio que possui mais de 1.200 metros quadrados de área construída foi feito nos anos 1940. Após a desativação do transporte ferroviário de passageiros, ele ficou sem utilização e chegou a abrigar o depósito de um comércio de cimentos.

 

Para revitalizá-lo foi necessário refazer a cobertura, os pisos, as instalações elétricas e hidrossanitárias e uma nova pintura. O projeto apresentado previa a utilização do estacionamento e de uma área coberta nos fundos para realização de atividades voltadas para o atendimento ao cidadão e eventos culturais.

 

Na ocasião, a Prefeitura informou que também investiria na ampliação da Feira Livre, que funciona aos domingos em uma área ao lado e a reorganização do espaço utilizado por ambulantes e lanchonetes, o que ainda não aconteceu.

 

Demora

 

O contrato para a revitalização da estação ferroviária foi assinado em julho de 2020, com a empresa Villaggio Engenharia Ltda. Ele previa que a obra deveria ser concluída em até nove meses, mas a administração municipal esperava que levasse menos tempo. Porém, Célio de Oliveira deixou o cargo no final de dezembro daquele ano, com a obra ainda na fase inicial.

 

Segundo o atual prefeito, Caique Rossi, ao assumir o cargo a atual administração entendeu que havia dúvida jurídica com relação ao município poder colocar recursos próprios na obra, pois o mecanismo utilizado pela empresa contratada teria sido feito de forma equivocada. “Como gerou uma dúvida, optamos por ter cautela, com o respeito que nós temos com o dinheiro público, pela transparência e pela legalidade”, informa.

 

Ainda de acordo com Caique, o Estado foi acionado como parte financiadora do projeto, para informar qual o melhor caminho a ser seguido. Segundo ele, levou quase um ano até que fosse regularizada a questão jurídica para aí sim viabilizar à Prefeitura investir dinheiro para retomar a obra.

 

Da comunidade

 

Durante a cerimônia de inauguração o prefeito de Penápolis citou que as negociações para a reforma do prédio tiveram início na gestão passada, sem mencionar o ex-prefeito, mas destacando a participação do ex-deputado estadual Roque Barbieri, por intermédio do vereador José Antonio Ferres Chacon.

 

E disse ainda que o importante é que o prédio é da comunidade e foi devolvido a ela. "Estamos entregando para a comunidade um espaço de atendimento da Secretaria de Desenvolvimento Social e da Secretaria de Cultura e Turismo. É a transformação de um local que estava degradado e que era um transtorno para comerciantes e para a população, em um Centro de Cidadania, aberto aos penapolenses”, disse durante o discurso.

PREFEITURA DE ARAÇATUBA - IPTU
Entre no grupo do Whatsapp
Logo Trio Copyright © 2024 Trio Agência de Notícias. Todos os direitos reservados.